Buscar:

Modelos de serviços nos negócios - Marketing de Serviços na Exportação

Modelos de serviços nos negócios

 

Existem quatro meios de entrega ou meios de serviços que podem ser exportados:

 

- Cruzando a fronteira. Aonde estes negócios tomam lugar de um pais para outro. Somente serviços em si que cruzam as fronteiras, sem o movimento de pessoas, como informação e conselhos passados por meios de fax ou e-mail ou transporte de carga. O fornecedor do serviço não estabelece qualquer presença no pais aonde o serviço é consumido.

Por exemplo, uma empresa local prepara um estudo de mercado para um cliente externo interessado no mercado local que é passado para o cliente por e-mail. Este modo depende diretamente do custo da eficiência da estrutura de telecomunicações.

- Consumo externo. “Este serviço relata o consumo nacional de um pais em outro pais aonde o serviço é fornecido. Essencialmente, o serviço é fornecido para consumidores fora dos paises que residem. Isto é típico do turismo e também aonde o consumidor apropriado cruza a fronteira para ser serviço externamente, quando navios vão para reparos em outros paises.

Por exemplo, executivos externos vem a um pais para serem treinados em praticas de administração.

- Presença comercial. Aonde o fornecedor do serviço cruza a fronteira para ter presença comercial externa através destes serviços providos. Esta presença pode tomar forma de qualquer tipo de negócios ou estabelecimento profissional, incluindo corporação, ramificações, escritório representativos, joint ventura e assim por diante.

Por exemplo, uma empresa de engenharia estabelece um escritório de projeto externo para a duração da construção do projeto.

- Movimento natural de pessoas. Este modo se aplica a pessoais naturais somente, quando ficam temporariamente em outro pais para proposições de fornecer serviços, por exemplo, os autônomos e empregados de fornecedores de serviços.

Por um instante, empresas de treinamento enviam treinadores externos para entregar executivos de treinamento. Este modo é diretamente dependente pela facilidade das viagens temporárias de negócios.

Quaisquer uns dos quatros modos acima se constituem de negócios como empresas locais sendo pagas por empresas estrangeiras (não residentes), não importa aonde o serviço é atualmente provido. Mas alguém deve notar que as liberalizações para negócios são feitas por estes modos sobre o GAT, significa que nem todas dos quatro modos podem abrir um provedor de serviço estrangeiro. Note que o movimento dos trabalhadores para achar empregos externos não é classificado como serviço de negócios, mas menos que experiências de remitência.

O segundo modo, aonde consumidores vem para mercados locais, oferecem oportunidades para começar com novas exportações. É sempre de menos gasto em prover serviços do nosso pais do que entregar para o mercado externo. Por causa desta vasta gama de empresas estrangeiras interessadas em mercados em desenvolvimento, muitas empresas de serviços devem estar aptas a começar nos negócios de exportação fornecendo serviços de clientes externos localmente e pegando referencias de volta para escritórios domésticos externos.

O quarto modo é aonde as características da imigração aparentam para visitantes temporários de negócios. Uma necessidade é ser cuidadoso sobre as documentações e vistos requeridos para viagens para o mercado externo, particularmente se alguém vai ser pago por consumidores enquanto estiver lá.







Entre em contato para tirar suas dúvidas:

Todos os campos são de preenchimento obrigatório!

Enviar